segunda-feira, 30 de maio de 2016

Cáspita

Toda dor é reação
Toda corrente deixa marca
Todo sintoma é aviso
Todo aviso é amigo
Toda amizade protejo
Todo medo é desejo
Todo desejo é ilusão
Toda ilusão é utopia
Toda utopia, coração
Todo temor é maldição
E maldição é toda cor
Que desbota o coração