domingo, 6 de novembro de 2016

Segredo

O silêncio me alerta
Que será o meu final
Naquilo que não tem fim
O silêncio me cochicha
Sopra em meu ouvido
Esfria a minha espinha
Dizendo ser meu destino

Apavora-me ao lembrar
Que todo aquele barulho
Pode ser só teimosia