segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Ironia

Plantou poesia
Colheu poesia
Comeu poesia
Mas ela vazia
Nada dizia

E ele com fome
Morreu outro dia


Triste ironia