quinta-feira, 1 de junho de 2017

Sala de Jantar

De esgoto é o perfume
Que entra pelas narinas
Intervalo
Comercial de margarina

Um suco gástrico na taça
Um gole, um tapa, um mapa
Um brinde de pontas de facas
Uma colherada de estrume
Pintem as paredes de cinza
Apaguem certezas, cigarros
Vagabundos, vaga-lumes

Sabor ranzinza
Doce de barro
Ode aos bons costumes