quinta-feira, 29 de junho de 2017

Batendo ponto

Da cor de burro quando foge
Afogado pelo barulho
Pelo falso vigor
Pelos carros e pelo asfalto
Disfarço o desespero
Com essa minha cara de domingo à noite