quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Belo Monte

Belo monte de mentiras
Monte de destruição
Belo castelo de areia
E devastação

Monte-se em belos boatos
E os fatos amontoarão
Por debaixo do mato,
Cada vez mais cabisbaixo
No monte, que não é morro, nem mato

Mate o mato, belo monte
Deixe o morro desabar
Erre de novo e povo
Matará ao se matar

Wescley P.