sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Desconstrução

Em terra de coletivo
O egoísmo vivo
Grita por todos
Num rio de lama
Coberto por lodo

A liberalidade envolta de beijos
Na liquidez dos percevejos