quarta-feira, 6 de julho de 2016

Nu

Perceber-se desnudado
Frágil e exposto
Ao frio
Do peito
Ao calor
Do peito
E aos medos
Do leito
E de nós

Perceber-se despido
De receios
Do ego
Do cego
Jeito de ser
Com o outro
Jeito de ler
O outro
Em si
A sós

Perceber-se entregue
Despido de tudo
Que não é seu
E exposto
Aos medos
Ao outro
À si
Aos nós
Não há coragem maior