sexta-feira, 28 de junho de 2013

Média

Surge a nova classe mídia
Na média televisiva
Que visa, que compra, que deve
Deve sempre evasiva
A classe média tem visa
E visa nova investida
A média da nova classe
É pequena e imprecisa
E precisa de disfarce
Pra esconder carne viva

A nova classe é velha
Já é velha conhecida
Telefone, telemarketing
Televisa a decolagem
Da classe mídia atrevida
A classe tem até vida
Merece ser aplaudida
Compra tênis da adidas
Vê na tela sua face
Com imagem colorida
Que cobre a média da classe
E passa despercebida

Viva a nova classe mídia
Viva a média nova classe
Viva a mediocridade
Da média classificada
Mediando o tudo e o nada
Em meio a desigualdade