terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

outro blog?


Sim companheiros, outro blog, esse definitivo (eu espero). Afinal, ano novo, blog novo (dizer isso em fevereiro é bem brasileiro e bem clichê, hehehe.)


Mas Por quê?


Porque sim (tá, tá, porque sim não é resposta)

O fato é o seguinte: eu tinha outro blog chamado “imbroblioquequiprocó”, mas ele estava imensamente abandonado e tinha um nome muito complicado. Assim, se eu queria levar nessa bagaça a sério precisava de um nome simples e que fosse ao mesmo tempo criativo. Cogitei e cheguei a levar ao ar um blog da “mómintíra”, escrevendo um manifesto, que brevemente será postado aqui (como todos os textos do outro blog), no entanto, decidi deixar essa alcunha de lado nessa questão, mudando para algo mais individual e mais amplo, encerrando um ciclo e começando outro.

A partir daí iniciou-se a saga maldita em busca de um nome que fosse legal pra mim e que estivesse disponível no blogspot. Tarefa difícil, aliás, dificílima, TUDO, absolutamente tudo já foi registrado aqui. Aqui vai uma lista de como esse blog poderia ter sido batizado:

• Na Maciota
• Pá Furada
• Paralelas
• Conversas Paralelas
• Assuntos Paralelos
• Papel de Pão
• Em crise
• Parafraseando
• Milk Shakespeare
• E daí?
•Enxugando Gelo

E muitos outros surgiram, até que cheguei em “No fiapo” – perfeito! “É isso!” No fiapo, ali naquele pedacinho que ninguém ver, aquela parte minúscula, que pode não ser nada se comparado ao todo, mas também pode trazer de tudo e revelar coisas interessantes que sozinho, jamais você iria encontrar.

Como está na descrição do blog (tirado do dicionário): fi.a.po sm (de fio) 1 Fio tênue. 2 pop Quantidade ou porção insignificante...


Sim, mas pra quê vai servir mesmo?


Aí é onde está a melhor parte! Não vai servir pra nada! Será um blog em que eu posto o que quiser, sobre o que eu quiser e de quem eu quiser. Então terá notícias, textos de outros blogs, fotografias, vídeos, poesias, textos meus, artigos, enfim, tudo no fiapo.


Mais alguma coisa?


Sim, não sou escritor e neste espaço eu posso abusar das aspas, dos ditados, dos erros de digitação, dos parênteses , mas prometo ser um pouco criterioso e ao menos reler o texto antes de postar.

No mais é isso, NO FIAPO é mais que um blog, é um coletivo, o coletivo de um homem só, falando do nada e para ninguém... gravem isso, pois esse é o espírito.

Vem novidade por aí... ou não